Serviços

Conheça a importância de cada serviço e produto. Faça revisões em seu veículo regularmente:

Conserto e Pintura 

É possível consertar a roda amassada ou riscada do seu carro, além de deixá-la com a aparência de nova!

Utilizamos o mesmo processo usado em fábricas de Rodas, desta forma conseguimos restaurar e personalizar suas rodas danificadas, mantendo a originalidade ou dando uma cara nova.

Trabalhamos com o que há de mais moderno em equipamentos de recuperação de rodas, além dos melhores profissionais do mercado.

Troca de Óleo

O óleo que circula pelo sistema de lubrificação do motor, serve para lubrificar as partes móveis e refrigerar o propulsor. Esses óleos são compostos por aditivos, antioxidantes, detergentes especiais, e possuem base mineral extraída do petróleo.

A vida útil do óleo varia de acordo com sua composição, normalmente o fabricante do produto indica o tempo que deve ser usado. Passado o período recomendado para a troca do óleo, as propriedades de lubrificação e arrefecimento são perdidas, aumentando o atrito das partes móveis do motor ocasionando desgastes.

Freios 

O sistema de freios constitui uma das partes mais importantes e vitais de um veículo, sendo projetado para dar o máximo de rendimento com um mínimo de manutenção. Corretamente conservado e ajustado, o sistema de freios proporciona ao motorista a garantia de uma frenagem segura, sob as mais diversas condições de tráfego.

O sistema de freios de um automóvel é composto pelo cilindro mestre, servofreio, pastilhas, discos, pinças, lonas, tambores, cilindros de roda, sapatas e acessórios, como reparos, flexíveis entre outros.

É preciso realizar manutenções no freio em situações como:

O pedal do freio indo até o fundo, isso pode significar possível defeito no cilindro mestre;

Ruídos de ferro com ferro é sinal de que há peças desgastadas;

Ao frear uma ou mais rodas travam com facilidade;

Baixo nível do fluído de freio no reservatório; e

Preventivamente a cada 10mil km.

Suspensão 

A suspensão é um conjunto de peças onde cada uma depende da outra para o perfeito funcionamento do sistema. Os amortecedores controlam o movimento das molas e mantêm o contato permanente dos pneus com o solo, proporcionando conforto, segurança e estabilidade. Os componentes articuláveis, como pivôs e terminais, permitem a movimentação quase total do conjunto. Os coxins fixam os componentes na carroceria e evitam que as trepidações e oscilações sejam repassadas para o interior do automóvel. As bandejas ligam a suspensão ao carro, permitindo seu deslocamento no sentido axial.

Somos especializados em revisão e manutenção de suspensão automotiva.  Dentre os serviços mais executados estão: troca de buchas, braço de suspensão, amortecedores, molas, pivô, terminal de direção, barra axial.

Alinhamento 

Serviço feito com equipamento computadorizado no qual alinha as rodas dianteiras e traseiras perfeitamente paralelas entre si. Para que isto ocorra o equipamento analisa os valores de convergência determinado pelo fabricante do veículo.

Se você escutar cantar de pneus em velocidade baixa e perceber certa imprecisão no volante, cuidado, seu carro pode estar desalinhado. Muitas vezes não é possível notar uma anormalidade, mas é frequente o surgimento de deficiências no contato dos pneus com o piso.

Pode ser por diversos motivos. As rodas podem ter batido contra algum buraco ou obstáculo ou, simplesmente, ocorrer devido ao desgaste natural dos componentes da suspensão.

Recomendamos conferir o alinhamento de acordo com o perfil do pneu, uma vez que cada um possui características próprias. Para perfis de 80 a 60 deve-se fazer alinhamento a cada 10.000 km; para séries 55 e 50 a cada 7.000 km; e para séries de 45 a 30 a cada 5.000 km. Deve-se seguir essa orientação para serviços de balanceamento e rodízio.

Mesmo sendo um serviço com custo reduzido, muitas pessoas negligenciam esse tipo de cuidado. Veículos desalinhados têm grandes chances de se envolver em acidentes de trânsito, provocando prejuízos muito maiores.

É preciso realizar o alinhamento em situações como:

Na troca dos pneus;

Sempre que os pneus apresentarem desgastes irregulares;

Após fortes buracos e impactos recebidos pelo veículo;

Sempre que forem substituídos componentes da suspensão;

Quando o veículo tiver tendências ou instabilidade; e

A cada 10mil km rodados.


Balanceamento 

O objetivo do balanceamento, como o nome diz, é balancear as massas do conjunto roda e pneu que, por algum motivo, podem estar em desequilíbrio. O primeiro sinal de que a roda está desbalanceada é a vibração sentida no volante. Além do desconforto, essa vibração compromete a estabilidade e provoca o desgaste irregular dos pneus, diminuindo a vida útil dos componentes da suspensão, como amortecedores, buchas e borrachas.

É preciso realizar o balanceamento em situações como:

Na troca dos pneus;

Toda vez que for desmontado o pneu da roda para alguma manutenção;

No primeiro sinal de vibração no volante;

Quando houver desgaste irregular da banda de rodagem;

Quando o veículo tiver tendências ou instabilidade; e

Preventivamente a cada 10mil km.